Busca

Valéria Fernandes Designer de interiores

Olá pessoal, montei esse blog para poder compartilhar e divulgar meus trabalhos, inspirações, dicas, novidades e curiosidades ligada ao designer de interiores, paisagismo, vitrinismo, mobiliário, decoração de festas, arquitetura e engenharia com vocês! "Se podemos sonhar, também podemos tornar nossos sonhos realidade."

Tag

iluminação

5 motivos para você contratar um Designer de interiores 

1. Planejamento: o expertise dos profissionais tornam os ambientes mais agradáveis ao usuário, pois todos os espaços e as etapas são planejadas e organizadas para atender ao cronograma;
2. Otimização: os designers aproveitam cada espaço com funcionalidade e praticidade de acordo com as necessidades específicas de cada cliente;
3. Comodidade e praticidade: os designers simplificam e coordenam todas as etapas do projeto, definem os matérias de acordo com o padrão exigido pelo cliente; 

4. Economia: projetos bem elaborados e gerenciados economizam tempo de execução e dinheiro, os designers conhecem os melhores profissionais e materiais para cada tipo de serviço, um projeto de interior agrega valor estético;

5. Prazer: O prazer ao ver o ambiente decorado e planejado, imprimindo a identidade do morador , só é possível com muito estudo, dedicação, pesquisa e criação e é o que eu irei fazer por você. 

Essa é a função do Designer de Interiores proporcionar bem estar, conforto, beleza e funcionalidade aos ambientes, aproveitando os espaços de maneira harmônica e atendendo as necessidades dos clientes.

Fica dica! 

Contrate um designer de interiores.

Qualquer dúvida estou a disposição.

Bjim 

Anúncios

Ecodesign o que é?

Ultimamente, o termo ecodesign vem sendo muito usado, principalmente quando o assunto é construção. Mas, afinal, o que é isso?

Segundo o designer italiano Ezio Manzini, referência mundial em sustentabilidade, ecodesign é a atividade que, ligando o tecnicamente possível ao ecologicamente necessário, faz nascerem novas propostas que sejam social e culturalmente aceitáveis.

Ou seja, as construções que utilizam o conceito de ecodesign têm uma preocupação sustentável desde a concepção até a execução do projeto, abordando arquitetura, engenharia e muitas outras etapas. Tudo isso para reduzir o uso dos recursos não renováveis e a geração de resíduo, além de economizar custos de disposição final.

Design ecológico é um termo que está em crescente tendência mundial nos diversos setores, como na arquitetura, design, moda e até na arte. O grande propósito dessa história toda é desenvolver produtos, serviços e sistemas que minimizem o impacto ambiental, reduzam o uso de recursos-não-renováveis e seja socialmente justo. São os produtos chamados “politicamente corretos”, ou seja, é uma ótima desculpa para consumir sem culpa!

arquitetura sustentávelEste é o verdadeiro resultado da soma de arquitetura+ecologia. O edifício de concreto, a “selva de pedra” se rende  à tecnologia paisagística, ao ponto de se tornarem única e modificar a paisagem urbana, algo que ainda encontra resistência. Este sistema de jardins verticais foi projetado pelo botânico e paisagista Patrick Blanc para o Musée de Quai Branly, em Paris, na França. Esta preocupação ecológica trás grandes benefícios, como o menor consumo de energia, a melhor qualidade do ar e uma extra proteção contra agentes externos.

Móveis Nomadic_ James Hennessey e Victor Papanek

Embora a relação do design com a ecologia seja atualmente um tema constante na mídia, este conceito não é tão novo como parece. Já nos anos de 1970 o americano Victor Papanek foi o primeiro designer a ter consciência do impacto ambiental dos seus produtos. Ele foi um homem a frente do seu tempo, mas incompreendido por seus colegas, que julgavam exagerada a sua preocupação em relação ao design com o entorno artificial e natural.

Livro Móveis Nomadic_ James Hennessey e Victor PapanekAcima capa e parte do livro Móveis Nomadic, de Victor Papanek e James Hennessey, publicado em 1973. Victor escreveu ou co-escreveu oito livros, viajou ao redor do mundo explanando seus ideais para projetos ecologicamente corretos, que atendessem aos necessitados, idosos, deficientes e os segmentos minoritários da sociedade.  Acreditava que os designers poderiam ajudar com suas criações a servir nas necessidades reais dos seres humanos.

design sustentável Frank GehryCom seus móveis de papelão feitos a partir de placas coladas e recortadas em formas orgânicas, o arquiteto canadense Frank Gehry foi um dos  pioneiros relacionados à produção de móveis sustentáveis. Os 30 móveis criados por ele na década de 1970 (duas séries em papelão e uma em madeira laminada) incorporam formas incomuns que também são visíveis em seus projetos arquitetônicos esculturais reconhecidos em todo o mundo. Características que podem muito bem serem atribuídas à sua formação em artes plásticas, anterior ao curso de arquitetura.

Casa da Cascata, Frank Loyd Wright

Interior Casa da Cascata, Frank Loyd WrightAo falarmos de design ecológico, não poderia deixar de citar a arquitetura do norte-americano Frank Loyd Wright. O intorno desta casa inspirou a arquitetura dos movimentos da cascata e utilizou a madeira e a pedra disponíveis no terreno para projetar esta inesquecível e célebre casa da cascata (1936). Wright foi o precursor de uma tendência chamada contextualista, cuja a arquitetura é resultado das características externa ao edifício que será idealizado.INTERIOR HOTEL, PROJETADO PELOS IRMÃOS CAMPANA

POLTRONAS IRMÃOS CAMPANA

pufes feltro, irmão campana

Atualmente o Design de Interiores possui uma importante vertente no design sustentável, e existem várias alternativas de reaproveitamento e diminuição de resíduos. O profissional de interiores deve buscar maneiras criativas para projetar produtos e serviços, repensar a utilização dos materiais, através dos tão falados “3 Rs” (Reduzir, Reusar e Reciclar). E os Irmãos Campanas fazem isso com muita responsabilidade e competência, seus trabalhos têm sido reconhecidos no mundo afora. Com exportações de seus produtos para diversos países e exposições, entre elas na Feira Internacional de Móveis de Milão e  no MOMA, Museu de Arte Moderna de Nova York, sendo os primeiros brasileiros a terem seus trabalhos em exposição permanente.

Bom é isso galera… Espero que tenha gostado o post de hoje.

Não se esqueçam de curtirem ai quem gostou viu Rsrs…

E vou deixar também aqui minha fan-page correr lá e curti viu 😉

https://m.facebook.com/Valeriafernandesdesigner
Bom é isso galera!!!

Até a próxima

Bjim

 

Fone: Blog Adriana Lima

 

Desafio Profissão -Design de Interiores

Olá Pessoal!!

Hoje to aqui para compartilhar com vocês um vídeo bem bacana que fala um pouco sobre a profissão de Designer de interiores.

O Programa Desafio Profissão coloca em pauta o processo de escolha profissional e o universo das diversas profissões. Sob o comando do orientador profissional Silvio Bock e promovido pela equipe de Orientação Profissional do Curso de Psicologia da PUC-SP, a cada semana, uma nova área é debatida.

Não se esqueçam de curtirem aí o post quem gostou do video viu Rsrs…

E vou deixar minha fanpage também.https://m.facebook.com/Valeriafernandesdesigner

E meu Instagram @valerinhanav
Bjim
Bye, bye…

Sala de estar na área externa

Bom dia turminha, lá vem mais uma sexta-feira!!!

E com a correria e as toneladas de informações que precisamos receber todos os dias, fazem com que mais gente queira dar uma pausa na rotina e desanuviar a cabeça. Por isso, jardins, quintais e todo tipo de área externa são cada vez mais valorizados na hora de escolher um imóvel. Se você possui um cantinho ao ar livre na sua casa, veja como ele pode se transformar em uma extensão da parte interna, deixando de ser um simples refresco durante o final de semana e passando a ser um cômodo para o dia a dia. 

 A não-divisão das áreas da casa começou com a cozinha americana, passou pelos lofts e agora é a vez da área externa se tornar um pedacinho da casa e não um espaço anexado. Integrar uma sala do lado de fora é uma maneira muito mais gostosa de descansar, realizar um encontro com os amigos ou mesmo um grande almoço em família. Dessa forma, a decoração e os cuidados com o ambiente externo devem ser planejados assim como se planeja a decoração de um quarto ou de uma sala de estar comum. Alguns cuidados extras com as escolhas de móveis devem ser tomados, exatamente por serem colocados em uma área que sofrerá a ação do tempo diretamente. O post de hoje é uma inspiração para integrar a sua casa com um pedacinho da natureza.

Móveis para a área externa

Antes de pensar nas cores e estilos da decoração da sua área externa, tenha em mente que a melhor opção é escolher móveis próprios para esse tipo de ambiente. Sofás impermeáveis e com tecido resistente aos raios solares são as melhores opções para montar um ambiente que não precisará ser “socorrido” a cada mau tempo. Com a tendência das salas migrando para as áreas externas, já é fácil encontrar fabricantes que ofereçam esse tipo de produto.

Flores, folhas e cor… Nada disso pode faltar! O ambiente externo é um ambiente de calmaria e leveza e a decoração deve seguir essa linha. Ao mesmo tempo, ela deve casar com a decoração de dentro da casa, afinal, agora estamos falando de um espaço só. Você pode optar por móveis mais românticos ou mais modernos para combinar com a decoração de dentro, mas também pode deixar o espaço com um ou outro detalhe mais rústico, como uma mesa de madeira ou cadeiras de vime. Puffs e almofadas deixam o local mais jovial e também confortável. 

    
   
Charme nos detalhes

A iluminação da área externa é importante tanto para a estética quanto para a iluminação em si. A opção por candelabros e outros suportes para velas torna o ambiente extremamente romântico (e maravilhoso quando o sol se põe). Outra opção é colocar luminárias suspensas e coloridas para compor um ambiente mais moderno.

Uma dica na hora de posicionar a sua iluminação: apontada para a cima, a luz cria um ar de culto à estrutura e arquitetura do local. Quando apontada pra baixo, ela dá um aconchego e promove atenção aos detalhes. 

   
    
 Com a tecnologia dos materiais modernos, também é possível implantar na área externa revestimentos de piso além dos tradicionais decks e até mesmo papel de parede, inclusive para ambientes úmidos, como ao redor da piscina.         

Fonte: Blog Lola Home

Bom gente depois desse post é hora de aproveitar o final de semana em um marilhoso jardim.

Espere que vocês tenham gostado das dicas .

Não esqueçam de curtirem minha fanpage : https://m.facebook.com/valeriafernandesdesigner

E me seguem também lá no Instagram @valerinhanav

Bjim! Bye bye…

Meu Perfil profissonal 

Trabalhando a 14 anos como projetista Cadista, me formei em Designer de interiores pelo centro universitário Anhanguera Campo Grande – MS, e atualmente atuo em ambas as áreas terceirizando os serviços de projetos feitos em AutoCAD para projetos arquitetônicos, interiores, aprovação para PMCG e claro estou atuando agora também como design de interiores. ‘Design dá ao mundo algo que ele não sabia que sentia falta.” Meus contatos estão no meu perfil do Instagram e na minha fanpage lá no face. Para quem tiver interesse no meu trabalho é só entrar em contato. #valeriafernandesdesigner #designdeinteriores #consultoriaemdesign #paisagismo #iluminação #projetos #projetodeinteriores #vitrinismo #decoraçãodeeventos #acompanhamentodeobra 

Cansado de quebrar paredes para passar a fiação? Seus problemas acabaram.

Gente tenho mais uma dica baphônica para essa semana.
Olhem só essa fita que são condutores elétricos, perfeito eu ameii!!!
2
É a solução perfeita para instalações elétricas sem quebrar paredes.
A eletrofitas são condutores elétricos de alta tecnologia, que em forma de fita auto-adesiva, podem ser aplicadas a paredes, divisórias, drywall, lajes, tetos e pisos de maneira rápida e prática, sem deixar relevos nas superfícies.
Com resistente revestimento isolante de policarbonato sobre ambas as faces, as lâminas de metal condutor possuem ampla superfície, otimizando o fluxo de eletricidade e dissipação de calor.
Eletrofitas podem ser aplicadas tanto na ampliação de instalações existentes, como para reformas de prédios ou reposicionamento dos pontos de tomadas e de luzes.
A distribuição interna de toda a rede elétrica pode ser executada também em prédios novos, sobre paredes acabadas ou não e sob pisos e azulejos.
Eletrofitas, depois de aplicadas, são ocultadas sob o acabamento. A Tela de Fibra de Vidro, coberta com massa acrílica, garante proteção mecânica contra impactos. Pintura, textura ou papel de parede, tornam totalmente invisível a instalação.
Em prédios históricos, onde não se deseja quebrar paredes para fazer instalações, o uso de Eletrofitas é ideal, pois a sua colocação é simples, permitindo sua ocultação com materiais de acabamento de toda natureza, inclusive de saibro e pau-a-pique.
Fabricadas por processo não poluente, com materiais recicláveis e de alta qualidade, Eletrofitas são produtos ecologicamente corretos, pois sua instalação não produz entulho, ruído ou vapores nocivos à saúde.

Servem para a instalação de:

  • abajures
  • aquecedores
  • ar condicionado
  • automação residencial
  • computadores
  • ferros elétricos
  • home theater
  • linhas para alarmes
  • luminárias
  • pontos de luz
  • refrigeradores
  • telefonia
  • televisores
  • tomadas
  • ventiladores

Ambientes internos de:

  • academias
  • agências bancárias
  • auditórios
  • clínicas
  • clubes
  • consultórios
  • edifícios
  • embarcações
  • escolas
  • escritórios
  • estandes de feiras
  • hospitais
  • igrejas
  • lojas
  • residências
  • salões de festas
1
Tipos de Eletrofitas
Rolos de 25, 50 e 100 m

 

EF18x2 – Duas Pistas: TOMADAS 2 PINOS – 750 V / 20 A (Eq: 2,5 mm)
Largura: 60 mm Espessura: 0,5 mm
EF18.9.18 – Três Pistas: TOMADAS 3 PINOS – 750 V / 20 A (Eq: 2,5 mm)
Largura: 60 mm Espessura: 0,5 mm
EF9x2 – Duas Pistas: ILUMINAÇÃO – 750 V / 15 A (Eq: 1,5 mm)
Largura: 60 mm Espessura: 0,5 mm
EF9x3 – Três Pistas: PARALELO – 750 V / 15 A (Eq: 1,5 mm)
Largura: 60 mm Espessura: 0,5 mm
EF5x4 – Quatro Pistas: AUDIO HOME THEATER (Eq: 1,0 mm)
Largura: 60 mm Espessura: 0,5 mm
EF5x2 – Duas Pistas: SOM, ALARMES ou TELEFONIA (Eq: 1,0 mm)
Largura: 30 mm Espessura: 0,5 mm
EF5x5 – Cinco Pistas: VENTILADORES DE TETO – 750 V / 10 A (Eq: 1,0 mm)
Largura: 60 mm Espessura: 0,5 mm

 

Fonte: Eletrofitas

Bom gente tem mais informações no link que vou deixar aqui embaixo
Espero que tenham gostado, curtem ai!!

E vou deixar também aqui minha fan-page correr lá e curti viu 😉
https://m.facebook.com/Valeriafernandesdesigner

E meu Instagram@valeriafd_designer

Até a próxima…
Bjim

Para final de semana que tal uma dica para os espaços gourmet

Espaço gourmet continua sendo um dos espaços mais requisitados aos arquitetos e designers de interiores. As dimensões dos imóveis modernos, nas metrópoles principalmente, são cada vez mais reduzidas, então, é necessário ter criatividade e definir prioridades. “Espaço gourmet” é apenas uma denominação, chame como quiser! O importante o importante é abrir mão de ter espaços para o convívio familiar ou receber os amigos.. Um ambiente preparado para que, ao cozinhar, esteja interagindo e compartilhando essa experiência com gente querida.
Sendo uma área exclusiva para o lazer e onde a gastronomia é celebrada, se faz necessário escolher com cuidado o local e também definir quais as mudanças no ambiente, sempre com planejamento.

Espaços pequenos também podem ser gourmet

Caso seu espaço seja uma varanda, ou uma área compacta, aproveite cada cantinho. E não, não é necessário que esse espaço fique numa área externa da residência. É possível e bem bacana que seja uma extensão da cozinha ou da sala de estar. O próximo passo, então, é outra escolha fundamental: o estilo. Clássico, rústico, high tech, ou o que você quiser.


Decorar é decorar e não apenas colocar mesinhas e bancos. É preciso originalidade e aconchego, para atingir esse efeito de um lugar agradável para confraternizações, reuniões e pequenos jantares. Abuse do paisagismo, assim seu espaço será cheio de vida.


Espaço gourmet continua sendo um dos espaços mais requisitados aos arquitetos e designers de interiores. As dimensões dos imóveis modernos, nas metrópoles principalmente, são cada vez mais reduzidas, então, é necessário ter criatividade e definir prioridades. “Espaço gourmet” é apenas uma denominação, chame como quiser! O importante o importante é abrir mão de ter espaços para o convívio familiar ou receber os amigos.. Um ambiente preparado para que, ao cozinhar, esteja interagindo e compartilhando essa experiência com gente querida.
Sendo uma área exclusiva para o lazer e onde a gastronomia é celebrada, se faz necessário escolher com cuidado o local e também definir quais as mudanças no ambiente, sempre com planejamento.

Espaços pequenos também podem ser gourmet

Caso seu espaço seja uma varanda, ou uma área compacta, aproveite cada cantinho. E não, não é necessário que esse espaço fique numa área externa da residência. É possível e bem bacana que seja uma extensão da cozinha ou da sala de estar. O próximo passo, então, é outra escolha fundamental: o estilo. Clássico, rústico, high tech, ou o que você quiser.


Decorar é decorar e não apenas colocar mesinhas e bancos. É preciso originalidade e aconchego, para atingir esse efeito de um lugar agradável para confraternizações, reuniões e pequenos jantares. Abuse do paisagismo, assim seu espaço será cheio de vida.

A decoração, obviamente, deve conversar com a decoração do resto da casa. Iluminação indireta e móveis de matérias primas naturais dão um ar descontraído e intimista. Mas até um espaço com móveis planejados pode ficar bem agradável e todos os espaços serem bem aproveitados.

Deixar funcional além de bonito também é um item bem importante. O piso e e a área de utilização deve ser durável e fácil de limpar, pois é um ambiente muito exposto a resíduos de gordura.


Na hora de equipar, os itens utilizados dependem diretamente do espaço disponível, da habilidade do “chef” e também dos hábitos dos moradores. Se o churrasco no fim de semana é indispensável, uma churrasqueira será obrigatória. Mas também é possível equipar esta área com forno à lenha, cooktop, liquidificador, batedeira, geladeira, coifa, grill, mixer, e vários outros equipamentos que vão valorizar ainda bem o seu espaço preferido na casa.. Aparelhos de som e TV podem fazer parte do seu espaço gourmet, só não permita que eles roubem a cena e atrapalhem as conversas!


Agora é só aproveitar as dicas e curtir o final de semana.

Espero que tenham gostado.

Bom finall queridos!

😘😘😘

Dicas de decoração para salas pequenas 

Aprenda  5 dicas para decorar sua sala pequena.

1 – Decore com cores claras

As cores claras, principalmente o branco, são grandes aliadas para ampliar a sala de estar ou jantar. Elas ampliam a visibilidade, otimizam a iluminação e também contribuem com a sensação de limpeza. As cores claras e neutras devem ser usadas principalmente nas paredes e móveis. Se você deseja incluir elementos coloridos no ambiente, faça isso através de acessórios como arranjos de flores, almofadas e tapete.

 Projeto: Arquitetas Rosa Tieppo e Elaine Gonzalez

2 – Menos é mais

Em ambientes pequenos, aquele velho ditado: “Menos é mais.” faz todo o sentido.

Quanto menor o numero de coisas na sala, mais leve ficará o ambiente, e consequentemente parecerá ser maior. E esse é um princípio que muitas pessoas ignoram.

Seja simples. Se a sua sala de estar é pequena, procure usar ali, somente o que é realmente necessário para o bem-estar seu, de sua família e dos seus amigos.


3 –  Escolha um estilo de decoração que valorizará sua sala

Procure escolher um estilo decoração mais simples, por exemplo

  • Contemporâneo
  • Minimalista
  • Estilo oriental
  • Moderno

Esses estilos possuem a simplicidade e as linhas retas como características em comum, e esses pontos valorizam e muito ambientes pequenos, pois geram a sensação de mais espaço por ser um estilo de decoração visualmente mais limpo e clean.

Escolha apenas um estilo de decoração para sua sala de estar, assim ela não ficará sobrecarregada com muita informação.

 Sala contemporânea por Jorge Augusto

4 – Implementes espelhos na decoração

Utilizar espelho na parede é um grande truque de decoração para ampliar ambientes pequenos, ele ajuda a propagar a luz pelo ambiente, ajuda na sensação de amplitude e é um belo item de decoração.

Você pode colocar um grande espelho, com uma bela moldura, na parede da sala ou colocar vários espelhos ao lado um do outro, formando um conjunto, que também fica bem interessante.

Tenha cuidado para que o espelho na reflita uma vista desconfortável como, banheiro, lavanderia, cozinha, ou alguma parte da sua sala de estar que não seja tão atraente.

http://decorandocomclasse.com.br/wp-content/uploads/2013/10/Captura-de-Tela-2013-10-06-às-12.57.01.png

5 – Capriche nas almofadas

Um dos melhores itens para decorar sem medo uma sala de estar mesmo pequena são as almofadas, elas trazem conforto, são ótimos itens de decoração e podem ser trocados sempre que quiser, sem gastar muito dinheiro.

Se a decoração da sua sala está neutra, o sofá e as poltronas também, use almofadas com cores mais vivas e estampas chamativas para alegrar o ambiente e deixar mais convidativo.

 Foto : Eduardo Aigner (DF)

É isso galera.

Espero que tenham gostado das dicas, e logo logo tem mais.

E vou deixar também aqui minha fan-page correr lá e curti viu 😉
https://m.facebook.com/Valeriafernandesdesigner

E meu Instagram@valeriafd_designer

Até a próxima…
Bjim

😘😘

Criando o blog

Olá galera,

Meu nome é Valéria, tenho 28 anos e trabalho desde os meu 14 anos como projetista cadista na elaboração de projetos para arquitetura, designer e engenharia.

 Me formei agora em setembro de 2015 pelo centro universitário Anhanguera – Unidade I em design de interiores .

E com toda essa experiência adiquirida resolvi compartilhar com vocês várias dicas da área para vocês .

Bom como qualquer novidade é um grande desafio, espero poder contar com vcs também para que possamos fazer assim um blog bem dinâmico e criativo para que todos possam apreciar .

Conto com vocês .

E já já tem novidades aí na página.

E vou deixar também aqui minha fan-page correr lá e curti viu 😉
https://m.facebook.com/Valeriafernandesdesigner

E meu Instagram@valeriafd_designer

Até a próxima…
Bjim

Blog no WordPress.com.

Acima ↑