Busca

Valéria Fernandes Designer de interiores

Olá pessoal, montei esse blog para poder compartilhar e divulgar meus trabalhos, inspirações, dicas, novidades e curiosidades ligada ao designer de interiores, paisagismo, vitrinismo, mobiliário, decoração de festas, arquitetura e engenharia com vocês! "Se podemos sonhar, também podemos tornar nossos sonhos realidade."

Tag

engenharia

Ecodesign o que é?

Ultimamente, o termo ecodesign vem sendo muito usado, principalmente quando o assunto é construção. Mas, afinal, o que é isso?

Segundo o designer italiano Ezio Manzini, referência mundial em sustentabilidade, ecodesign é a atividade que, ligando o tecnicamente possível ao ecologicamente necessário, faz nascerem novas propostas que sejam social e culturalmente aceitáveis.

Ou seja, as construções que utilizam o conceito de ecodesign têm uma preocupação sustentável desde a concepção até a execução do projeto, abordando arquitetura, engenharia e muitas outras etapas. Tudo isso para reduzir o uso dos recursos não renováveis e a geração de resíduo, além de economizar custos de disposição final.

Design ecológico é um termo que está em crescente tendência mundial nos diversos setores, como na arquitetura, design, moda e até na arte. O grande propósito dessa história toda é desenvolver produtos, serviços e sistemas que minimizem o impacto ambiental, reduzam o uso de recursos-não-renováveis e seja socialmente justo. São os produtos chamados “politicamente corretos”, ou seja, é uma ótima desculpa para consumir sem culpa!

arquitetura sustentávelEste é o verdadeiro resultado da soma de arquitetura+ecologia. O edifício de concreto, a “selva de pedra” se rende  à tecnologia paisagística, ao ponto de se tornarem única e modificar a paisagem urbana, algo que ainda encontra resistência. Este sistema de jardins verticais foi projetado pelo botânico e paisagista Patrick Blanc para o Musée de Quai Branly, em Paris, na França. Esta preocupação ecológica trás grandes benefícios, como o menor consumo de energia, a melhor qualidade do ar e uma extra proteção contra agentes externos.

Móveis Nomadic_ James Hennessey e Victor Papanek

Embora a relação do design com a ecologia seja atualmente um tema constante na mídia, este conceito não é tão novo como parece. Já nos anos de 1970 o americano Victor Papanek foi o primeiro designer a ter consciência do impacto ambiental dos seus produtos. Ele foi um homem a frente do seu tempo, mas incompreendido por seus colegas, que julgavam exagerada a sua preocupação em relação ao design com o entorno artificial e natural.

Livro Móveis Nomadic_ James Hennessey e Victor PapanekAcima capa e parte do livro Móveis Nomadic, de Victor Papanek e James Hennessey, publicado em 1973. Victor escreveu ou co-escreveu oito livros, viajou ao redor do mundo explanando seus ideais para projetos ecologicamente corretos, que atendessem aos necessitados, idosos, deficientes e os segmentos minoritários da sociedade.  Acreditava que os designers poderiam ajudar com suas criações a servir nas necessidades reais dos seres humanos.

design sustentável Frank GehryCom seus móveis de papelão feitos a partir de placas coladas e recortadas em formas orgânicas, o arquiteto canadense Frank Gehry foi um dos  pioneiros relacionados à produção de móveis sustentáveis. Os 30 móveis criados por ele na década de 1970 (duas séries em papelão e uma em madeira laminada) incorporam formas incomuns que também são visíveis em seus projetos arquitetônicos esculturais reconhecidos em todo o mundo. Características que podem muito bem serem atribuídas à sua formação em artes plásticas, anterior ao curso de arquitetura.

Casa da Cascata, Frank Loyd Wright

Interior Casa da Cascata, Frank Loyd WrightAo falarmos de design ecológico, não poderia deixar de citar a arquitetura do norte-americano Frank Loyd Wright. O intorno desta casa inspirou a arquitetura dos movimentos da cascata e utilizou a madeira e a pedra disponíveis no terreno para projetar esta inesquecível e célebre casa da cascata (1936). Wright foi o precursor de uma tendência chamada contextualista, cuja a arquitetura é resultado das características externa ao edifício que será idealizado.INTERIOR HOTEL, PROJETADO PELOS IRMÃOS CAMPANA

POLTRONAS IRMÃOS CAMPANA

pufes feltro, irmão campana

Atualmente o Design de Interiores possui uma importante vertente no design sustentável, e existem várias alternativas de reaproveitamento e diminuição de resíduos. O profissional de interiores deve buscar maneiras criativas para projetar produtos e serviços, repensar a utilização dos materiais, através dos tão falados “3 Rs” (Reduzir, Reusar e Reciclar). E os Irmãos Campanas fazem isso com muita responsabilidade e competência, seus trabalhos têm sido reconhecidos no mundo afora. Com exportações de seus produtos para diversos países e exposições, entre elas na Feira Internacional de Móveis de Milão e  no MOMA, Museu de Arte Moderna de Nova York, sendo os primeiros brasileiros a terem seus trabalhos em exposição permanente.

Bom é isso galera… Espero que tenha gostado o post de hoje.

Não se esqueçam de curtirem ai quem gostou viu Rsrs…

E vou deixar também aqui minha fan-page correr lá e curti viu 😉

https://m.facebook.com/Valeriafernandesdesigner
Bom é isso galera!!!

Até a próxima

Bjim

 

Fone: Blog Adriana Lima

 

Anúncios

Arquitetura Criativa: Oito Casas inacreditaveis

Oi Gente!!!!!

Será que a criatividade tem limites? E quando espaços tão comuns e pessoais quanto casas se tornam peças de arte nas mãos de seus escultores? As casas que vocês iram ver abaixo são improváveis, mas existem e, acima de tudo, cumprem sua função primordial e predestinada. Afinal, o céu é o limite.

Veja.

The Nautilus House – México.
Arquiteto Javier Senosian

Nautilus-House-México-724x483

“Uma habitação organismo” definida pelo próprio arquiteto. O caracol, inspiração para a forma, já é uma casa, tamanha lógica não diminui sua magia. É a interpretação da natureza.

Mushroom House – Ohio
Arquiteto Terry Brown

fungus-house-in-Cincinnati1

De linguagem autêntica e peculiar, essa casa pertenceu ao próprio arquiteto que buscou transformar a tradicionalidade das casas em algo novo e inusitado, usando materiais simples e pouco usuais para arquitetura. A casa sensorial buscava reunir arte e música dentro de si.

 

Eliphante Art House – Arizona
Artista Michael Kahn

eliphante

Típico exemplo de arquitetura vernacular, essa casa foi construída com materiais encontrados na região, desde pedras à entulhos. A obra durou 28 anos e foi construída pelas mãos dos proprietários. Esse “elefante” não foi projetado, mas ganhou vida e foi evoluindo pedra por pedra.

 

The Hole House – Texas
Escultotes Dan Havel e Dean Ruck

the_hole_house_with_car

A incomum porta-túnel dessa casa, faz parte do projeto “Inversion” desses escultores que usaram casas prestes a serem demolidas. A ideia era apresentar a passagem do tempo de antigas casas de madeira obsoletas à grandes obras contemporâneas. A casa foi demolida e o trabalho dos artistas também.

 

Archipod

archpod

Esse “ovo de madeira” na verdade é um escritório de jardim, foi construído com madeira, fibra de vidro, e acabamento de gesso acartonado. É fornecido em série e pode ser comprado pela internet por uma bagatela de 34.000 dólares.

 

The tea house – Japão
Arquiteto Terunobu Fujimori

takasugian2

A casa de chá foi construída em cima de dois castanheiros e é acessível apenas por escadas. Seu interior é coberto com gesso e esteiras de bambu. Para Terunobu a casa de chá deve carregar uma identidade pessoal, o seu espaço pequeno e acolhedor é como uma extensão do corpo e mente do morador. É necessária sintonia total com o ambiente, desde sua forma aos materiais utilizados.

 

House Attack – Áustria
Artista Erwin Wurm

14-Erwin-Wurm-House-Attack-2006

O Museu Moderner Kunst de Viena tem uma extensa coleção de arte dos séculos 20 e 21, com um dos maiores acervos da Áustria. No entanto, ficou conhecido por uma casa de ponta-cabeça no teto, a chamada House Attack.

 

Casas cúbicas – Holanda
Arquiteto Piet Blom

maravilhas-da-arquitetura-seculos-XX-e-XXI-10

O projeto desconstrutivista é composto por centro comercial, uma escola, uma torre de apartamentos e 38 casas, uma das quais podendo ser visitada como museu. Suas formas assimétricas e inclinadas dão a sensação de estarem abraçadas. Os cubos amarelos debruçam sobre o expectador, e se não fosse a rigidez aparente, faria crer que escorregariam sobre os visitantes.

Fonte: Obvious Mag

Incriável né galera!!!

Vocês morariam em alguma delas?? rsrsrsrs..

Bom esse foi a curiosidade da nossa arquitetura e engenharia de hoje, e gostou do post n esquece de curtir.

Vou deixar o link da minha fanpage curti lá. https://m.facebook.com/valeriafernandesdesigner

É o meu Instagram para vcs me seguirem também .

@valerinhanav

Bye,bye…

 

 

Primeiro bairro climatizado artificalmente.

Galeraaaaa olha isso???

Incrível.

Tinha que ser os Sheikh mesmo para fazer isso.

Cidade mais populosa dos Emirados Árabes, Dubai acaba de divulgar a construção do primeiro distrito totalmente climatizado do mundo. O plano diretor, desenvolvido pela Dubai Holding, abrangerá uma área de 4,5 milhões de metros quadrados termicamente isolados.

Um sistema de coberturas translúcidas revestirá todas as ruas durante os meses de verão, quando as temperaturas podem alcançar até 50ºC. No inverno, os painéis de vidro retráteis poderão ser abertos a fim de reduzir os gastos com refrigeração.

Batizado de “Mall of the World”, o projeto também prevê a criação do futuro maior shopping do mundo, com cerca de 750 mil metros quadrados e sete quilômetros de extensão, de um centro cultural e um parque temático, além de 100 hotéis e um espaço de saúde, que oferecerá serviços regulares e estéticos.dubai_01

dubai_2

dubai3

De acordo com a empresa que desenvolve o projeto, a cidade localizada ao longo da Sheikh Zayed Road terá 80 hotéis com serviços luxuosos que oferecerão mais de 20 mil leitos, um centro cultural, um bairro especializado em turismo médico, 50 mil vagas de estacionamento subterrâneo, teatros e até um parque de atrações, que será o maior conjunto temático indoor da Terra. Abrigará também o mais extenso shopping do planeta – em quase 744 mil metros quadrados, o núcleo comercial terá o desenho de uma rede de ruas de lojas, diferente do conceito convencional.

Para que seja possível controlar a temperatura da cidade, os engenheiros irão apostar em sete quilômetros de calçadas cobertas, o que vai permitir manter constantemente a temperatura em 22°. No verão de Dubai, os termômetros alcançam facilmente os 40°. Quando concluída, a intenção é que a cidade se torne um destino turístico durante todo o ano, acolhendo cerca de 180 milhões de visitantes a cada doze meses.

20140716132434966081u

“Essa foi a alternativa. Nossas ambições são maiores do que ter um turismo sazonal. O turismo é um dos principais pontos de nossa economia e, por isso mesmo, o objetivo é tornar os Emirados Árabes Unidos um destino atraente durante todo o ano”, afirmou o Sheikh Mohammed Bin Rashid, presidente de Dubai.

Com o programa em fase preliminar, ainda não há previsão para o ínício das obras. O terreno a ser utilizado, entretanto, já foi adquirido ao longo da Sheikh Zayed Road, via expressa próxima ao mar do Golfo Pérsico.

Veja abaixo o vídeo descritivo e entenda melhor como vai funcionar.

Bom em choque ainda rsrsrs…

Eu quero morar lá rsrsrs…

Bom é isso galera, espero que tenham gostado do post. #partiuDubai rsrsrsr..

Se gostou do post nao esquece de curtir ai

Vou deixar o link da minha fanpage. https://m.facebook.com/valeriafernandesdesigner

E o meu Instagram para vcs me seguirem também .

@valerinhanav

Bye,bye…

 

Vidro que fica colorido ao toque de um botão chega ao Brasil

A empresa israelense Gauzy pretende inovar o modo como as pessoas decoram suas casas. Ela criou uma persiana inteligente, que pode mudar de cor com apenas um toque. A tecnologia, chamada Smart Blinds, funciona com cristal líquido, que é transformado em película e colocado entre duas camadas de vidro. Com um controle remoto, o usuário pode regular a opacidade e qual parte do vidro estará colorida, segundo reportagem publicada no portal Exame.com.

  Além de controlar a passagem de luz através do vidro, a película do cristal líquido vem colorida de fábrica. De acordo com Arie Halpern, diretor da Gauzy, a primeira começou a ser vendida no Brasil, desde setembro, será da cor negra.

  

Onde pode ser usada

A tecnologia pode ser instalada em casas e escritórios comerciais. Contudo, segundo Halpern, as persianas inteligentes podem ter utilizações mais nobres, como em hospitais e centros médicos, já que as cortinas tradicionais são grandes fontes de bactérias.

  
A persiana inteligente irá custar 2.500 reais o metro quadrado e terá dois anos de garantia. No entanto, esta não é a única novidade da empresa para o público brasileiro. “Nos próximos meses pretendemos lançar outros produtos no país, que utilizam menos energia e que podem até gerar energia solar”, conta Halpern.

Veja abaixo um vídeo (em inglês) mostrando a tecnologia

https://youtu.be/mrQlW1oRUns

Bom é isso gente mais uma novidade para o mercado da construção, achei demais.

Mais um material aí para nos ajudar a crise grande ambientes.

Espero que vocês tenham gostado.

Não esqueçam de curtirem minha fanpage no facebook : https://m.facebook.com/Valeriafernandesdesigner

E me sigam lá no Instagram também @valerinhanav

Até a próxima, bye bye…

Reinauguração Bazar Irã tapetes Campo Grande-MS

Bom dia galerinha de sexta!!!

Bom o post hoje é sobre a reinauguração do Bazar Irã. 

Gente foi um expectaculo, a loja ficou linda, a festa foi maravilhosa e os anfitriões como sempre queridíssimos. 

A festa foi marcada com a V noite árabe, com as comidinhas maravilhoso do Ariche, dança do grupo Litani, decoração Califórnia Mudas, o cerimonial com o nosso querido Antônio da Premium Cerimonial e a acessoria do Helbio Castello Branco do Portal da construção.

E ainda teve sorteio de lidos presente para os presente.

Estava tudo maravilhoso. 

Para os que ainda não conhece faço o convite para que vão conhecer a loja que está cheia de novidades  tanto com os tapetes maravilhosos que são sua marca como também agora com a revenda de papéis de parede.

Quero desejar sucesso e prosperidade a proprietária Jussara Ferzeli e ao diretor Tiago Ferzeli. 

 

Grupo Litani de dança
  
    
    
    
    
Diretor Tiago Ferzeli, Proprietária Jussara Ferzeli do Bazar Irã e Helbio Castello do Porta da Construção
  
Arquiteto Rennan Rojas
 
  
Vou deixar aqui o site da loja que também faz vendas on-line e para quem tiver alguma dúvida pode entrar em contato.

http://www.bazarira.com.br
Fica aqui também o link da minha fanpage e do Instagram para vocês curtirem e me seguirem lá.

https://m.facebook.com/Valeriafernandesdesigner/?ref=bookmarks
@valerinhanav
Bom é isso gente, eu adorei dividir com vcs esse momento.

Boa sexta-feira a todos!

Bye Bye

25 tetos mais criativos espalhados pelo mundo

Sempre que olhamos para os tetos espalhados pelo mundo o que nos deparamos??

A maioria com o teto branco certo?

Mais para provar que nem só de tento branco temos no mundo, em pesquisa reuni 25  projetos que, aos moldes de Michelangelo e sua Capela Sistina, provam que dá sim pra ser criativo e criar arte até quando se trata de tetos. Veja a seguir;

TETO_01
Piscina no Palace & Spa Lausanne na Suíça

 

teto_02
Salon Urbain em Montreal, Canadá

 

teto_03
Salão das Duas Irmãs em Alhambra, na Espanha

 

teto_04
Teto de vidro por Chihuly no Hotel Bellagio em Las Vegas

 

teto_06
Gran Hotel Ciudad de México, Cidade do México

 

teto_07
A sala do pavão em Sammezzano, na Itália

 

teto_11
Palácio Real, em Bruxelas, Bélgica (o verde é, na verdade, feito de 1,6 milhões de besouros)

 

teto_12
Abbey Biblioteca de São Gall, na Suíça

 

teto_13
Terraço no Gramercy Park Hotel em Nova York

 

teto_14
Palácio de Verão em Pequim, China

 

teto_15
Museu Britânico em Londres

 

teto_16
Biblioteca Pública em Los Angeles

 

teto_17
Marrakech Menara em Marrocos

 

teto_18
Salão dos Espelhos em Versalhes na França

 

teto_19
Trinity College Library na Irlanda

 

teto_20
Shah Cheragh mesquita em Shiraz, Irã

 

teto_21
Salão dos Embaixadores, no Alcázar de Sevilha, Espanha

 

teto_22
Estação de metrô em Nápoles, Itália

 

teto_24
A entrada de uma casa na Cidade do Cabo, África do Sul

 

teto_25
Nishi, em Canberra, Austrália

 

teto_26
Estação de Metro Elektrozavodskaya em Moscou, Rússia

 

teto_27
Prédio da Assembleia Nacional do País de Gales

 

teto_28
Bank of Commerce Building em Toronto, Canadá

 

teto_29
Cosmovitral em Toluca, no México

 

teto_31
La Sagrada Família, igreja em Barcelona, ​​Espanha

Fonte: Catraca Livre

Bom é isso galeria, dá para ser super criativo até nos tetos .

Espero que tenham gostado.

Não deixam de curtir lá minha fanpage no facebook e me seguiram lá no instagram ok.

https://www.facebook.com/Valeriafernandesdesigner/

@valerinhanav

Bjim

Bye, bye….

 

Para-sóis dinâmico, incrível!!!

Estas torres gêmeas de escritórios em Abu Dhabi combinaram elementos arquitetônicos árabes antigos para criar uma forma inovadora de se proteger da luz solar. As duas torres são sobrepostas por uma “pele” geométrica mecanizada, com painéis triangulares que seguem o sol para bloquear sua luz.

geometric-sun-shades-al-bahar-towers-abu-dhabi-gif-2

O projeto de protetor solar foi feito pela Aedas Architects e inspirado no mashrabiya, uma bela forma de ornamentado que protege as janelas no mundo árabe a partir da luz solar e de olhos curiosos. As telas, controladas por computadores, abrem, fecham e até mesmo viajam horizontalmente para bloquear a luz. As torres de 145m de altura, que foram concluídas em 2012, estão cobertos de vidro, de modo que os protetores solares reduzem o calor gerado pelo sol no edifício em pelo menos 50% e, provavelmente, ajudam com o projeto de lei que evita o uso de ar condicionado.

geometric-sun-shades-al-bahar-towers-abu-dhabi-6 (1)

geometric-sun-shades-al-bahar-towers-abu-dhabi-25

geometric-sun-shades-al-bahar-towers-abu-dhabi-18

geometric-sun-shades-al-bahar-towers-abu-dhabi-14geometric-sun-shades-al-bahar-towers-abu-dhabi-19 Fonte: Parece uma torre normal, mas veja o que acontece quando o sol bate nela

Segue abaixo o vídeo de como funciona esse para-sol.

https://www.youtube.com/watch?v=5sruAWJkPE8

Incrível né gente, eu achei um máximo!!!

Nossa arquitetura e engenharia sempre inovando.

Bom galera está ai mais uma novidade que ia se encaixar bem nosso cima Campograndense né rsrsrs…

Espero que tenham gostado tanto quanto eu gostei.

Bjim

Bye Bye…

https://www.facebook.com/Valeriafernandesdesigner/

 

Cansado de quebrar paredes para passar a fiação? Seus problemas acabaram.

Gente tenho mais uma dica baphônica para essa semana.
Olhem só essa fita que são condutores elétricos, perfeito eu ameii!!!
2
É a solução perfeita para instalações elétricas sem quebrar paredes.
A eletrofitas são condutores elétricos de alta tecnologia, que em forma de fita auto-adesiva, podem ser aplicadas a paredes, divisórias, drywall, lajes, tetos e pisos de maneira rápida e prática, sem deixar relevos nas superfícies.
Com resistente revestimento isolante de policarbonato sobre ambas as faces, as lâminas de metal condutor possuem ampla superfície, otimizando o fluxo de eletricidade e dissipação de calor.
Eletrofitas podem ser aplicadas tanto na ampliação de instalações existentes, como para reformas de prédios ou reposicionamento dos pontos de tomadas e de luzes.
A distribuição interna de toda a rede elétrica pode ser executada também em prédios novos, sobre paredes acabadas ou não e sob pisos e azulejos.
Eletrofitas, depois de aplicadas, são ocultadas sob o acabamento. A Tela de Fibra de Vidro, coberta com massa acrílica, garante proteção mecânica contra impactos. Pintura, textura ou papel de parede, tornam totalmente invisível a instalação.
Em prédios históricos, onde não se deseja quebrar paredes para fazer instalações, o uso de Eletrofitas é ideal, pois a sua colocação é simples, permitindo sua ocultação com materiais de acabamento de toda natureza, inclusive de saibro e pau-a-pique.
Fabricadas por processo não poluente, com materiais recicláveis e de alta qualidade, Eletrofitas são produtos ecologicamente corretos, pois sua instalação não produz entulho, ruído ou vapores nocivos à saúde.

Servem para a instalação de:

  • abajures
  • aquecedores
  • ar condicionado
  • automação residencial
  • computadores
  • ferros elétricos
  • home theater
  • linhas para alarmes
  • luminárias
  • pontos de luz
  • refrigeradores
  • telefonia
  • televisores
  • tomadas
  • ventiladores

Ambientes internos de:

  • academias
  • agências bancárias
  • auditórios
  • clínicas
  • clubes
  • consultórios
  • edifícios
  • embarcações
  • escolas
  • escritórios
  • estandes de feiras
  • hospitais
  • igrejas
  • lojas
  • residências
  • salões de festas
1
Tipos de Eletrofitas
Rolos de 25, 50 e 100 m

 

EF18x2 – Duas Pistas: TOMADAS 2 PINOS – 750 V / 20 A (Eq: 2,5 mm)
Largura: 60 mm Espessura: 0,5 mm
EF18.9.18 – Três Pistas: TOMADAS 3 PINOS – 750 V / 20 A (Eq: 2,5 mm)
Largura: 60 mm Espessura: 0,5 mm
EF9x2 – Duas Pistas: ILUMINAÇÃO – 750 V / 15 A (Eq: 1,5 mm)
Largura: 60 mm Espessura: 0,5 mm
EF9x3 – Três Pistas: PARALELO – 750 V / 15 A (Eq: 1,5 mm)
Largura: 60 mm Espessura: 0,5 mm
EF5x4 – Quatro Pistas: AUDIO HOME THEATER (Eq: 1,0 mm)
Largura: 60 mm Espessura: 0,5 mm
EF5x2 – Duas Pistas: SOM, ALARMES ou TELEFONIA (Eq: 1,0 mm)
Largura: 30 mm Espessura: 0,5 mm
EF5x5 – Cinco Pistas: VENTILADORES DE TETO – 750 V / 10 A (Eq: 1,0 mm)
Largura: 60 mm Espessura: 0,5 mm

 

Fonte: Eletrofitas

Bom gente tem mais informações no link que vou deixar aqui embaixo
Espero que tenham gostado, curtem ai!!

E vou deixar também aqui minha fan-page correr lá e curti viu 😉
https://m.facebook.com/Valeriafernandesdesigner

E meu Instagram@valeriafd_designer

Até a próxima…
Bjim

Telha fotovoltáica novidades para construção civil! 

Para unir sustentabilidade e beleza na arquitetura de casas e edifícios, as empresas italianas Area Industrie Ceramiche e REM desenvolveram a “Tegola Solare”, uma telha cerâmica fotovoltaica que se integra à estrutura da construção, substituindo placas solares. As informações são do site ‘Pensamento Verde’. 
Como os painéis tradicionais são grandes e pesados, muitas pessoas rejeitam os modelos para não danificar a estética dos telhados.


Mas a telha inovadora, criada por especialistas, tem quatro células fotovoltaicas embutidas e sua fiação está localizada embaixo do telhado para o conversor.

De acordo com o fabricante, além de substituir os painéis para captação de luz solar, a invenção pode gerar cerca de 3kw de energia em uma área instalada de 40m². Com isso, um telhado completo ou até parcialmente coberto já seria capaz de suprir as necessidades energéticas de uma residência.

As telhas fotovoltaicas são mais caras do que as placas convencionais, mas sua instalação é feita normalmente, como a de qualquer outro telhado.
Instalação

A instalação das telhas fotovoltaicas é feita normalmente, como a de qualquer outro telhado, e a área que captará a luz solar depende da necessidade do imóvel. Por isso, os fabricantes também disponibilizam o mesmo modelo em telhas comuns.

Se houver a necessidade de substituição de alguma dessas peças, o processo também é simples, devido ao aspecto modular.
 Novos modelo

Como o mercado da arquitetura sustentável cresce cada vez mais, outras empresas pelo mundo já vinham desenvolvendo tipos de telhas solares, inclusive a própria Area Industrie Ceramiche já havia feito um modelo onde pequenos painéis fotovoltaicos eram acoplados no lado liso das peças cerâmicas. A empresa americana SRS Energy também produz uma placa em formato de telha de barro na cor azul escuro, porém, ela só é compatível com as telhas de cerâmica fabricadas por outra empresa parceira.

É isso pessoal precisando de um designer de interiores, não se esqueçam de me mim viu rsrsr..

Vou deixar também aqui minha fan-page correr lá e curti viu 😉
https://m.facebook.com/Valeriafernandesdesigner

E meu Instagram@valeriafd_designer

Até a próxima…
Bjim

Blog no WordPress.com.

Acima ↑